Um hidrogel revolucionário para tratamento de diabetes: três injeções por ano

por Henrik Andersen
5 comentários
Hydrogel Diabetes Treatment

Engenheiros de Stanford introduziram um sistema de depósito de hidrogel injetável, melhorando significativamente a administração de medicamentos GLP-1 para tratamento de diabetes. Este novo método requer apenas injeções trimestrais em vez do regime diário atual. Andrea Ivana d'Aquino, da Universidade de Stanford, forneceu uma foto de apoio para este desenvolvimento inovador.

A necessidade frequente de injeções diárias no tratamento da diabetes tipo 2 apresenta desafios para muitos pacientes. No entanto, uma inovação recente da equipe de engenharia de materiais de Stanford poderia reduzir isso para apenas três injeções anuais. Esta tecnologia de hidrogel promete mudar a frequência de administração de medicamentos para diabetes e controle de peso, como Ozempic, Mounjaro, Trulicity, Victoza e mais, de diária ou semanal para apenas uma vez a cada quatro meses.

Publicado na revista “Cell Reports Medicine”, os investigadores prevêem que esta tecnologia melhorará significativamente a diabetes e o controlo do peso, aumentará a adesão dos pacientes aos horários de medicação e melhorará a saúde a longo prazo dos que sofrem de diabetes tipo 2.

Esses medicamentos imitam os efeitos do hormônio GLP-1, auxiliando no controle da dieta e no controle do peso. No entanto, o esquema convencional de injeção diária ou semanal pode ser complicado para os pacientes. Eric Appel, professor associado de Stanford e pesquisador principal do novo hidrogel, enfatiza que reduzir a frequência das injeções para três vezes por ano poderia simplificar bastante a adesão aos regimes de medicação para pessoas com diabetes ou obesidade.

A diabetes tipo 2 afecta meio bilhão de pessoas em todo o mundo, incluindo 130 milhões só nos Estados Unidos, com custos de tratamento nos EUA superiores a $400 mil milhões anualmente. Os medicamentos GLP-1 recentemente introduzidos foram aclamados como avanços, oferecendo um controle significativo sobre a ingestão de energia com efeitos colaterais mínimos.

A propriedade única do hidrogel reside na sua composição de nanopartículas, que liberam gradualmente o medicamento à medida que o hidrogel se dissolve ao longo de vários meses. Este hidrogel de nanopartículas de polímero (PNP) combina fluidez para fácil injeção e estabilidade durante a duração, dispensando gradativamente o medicamento.

Na prática, uma pequena quantidade do hidrogel infundido com o medicamento é injetada sob a pele. A equipe de Appel projetou meticulosamente o hidrogel para ser discreto e eficaz durante todo o período de quatro meses. Este design se alinha com os cronogramas típicos de check-up do paciente.

Resultados promissores foram observados em ratos de laboratório, onde o sistema de hidrogel superou as injeções diárias no controle da glicemia e do peso. A equipe também adaptou o hidrogel para vários períodos de tempo, variando de dias a seis meses, e vê potencial para seu uso com outros medicamentos e condições médicas, incluindo diabetes tipo 1 em crianças.

Os próximos passos incluem testes em porcos, seguidos de potenciais ensaios clínicos em humanos dentro de um ano e meio a dois anos. Appel está otimista quanto ao impacto do hidrogel no controle do diabetes tipo 2 e possivelmente de outras condições.

Esta pesquisa, detalhada no artigo “Uso de uma tecnologia de depósito de hidrogel biomimético para entrega sustentada de agonistas do receptor GLP-1 reduz a carga do gerenciamento do diabetes”, foi apoiada por doações do Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais e do Stanford Diabetes Centro de Pesquisa. Os coautores incluem Andrea d'Aquino, Caitlin Maikawa, Leslee T. Nguyen e outros de Stanford, juntamente com colaboradores da Novo Nordisk. As afiliações de Appel incluem o Stanford Woods Institute for the Environment e outros institutos notáveis de Stanford.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre o tratamento para diabetes com hidrogel

Qual é a nova tecnologia de hidrogel desenvolvida pelos engenheiros de Stanford?

A nova tecnologia de hidrogel desenvolvida pelos engenheiros de Stanford é um sistema de depósito injetável que permite que medicamentos GLP-1 para tratamento de diabetes sejam administrados uma vez a cada quatro meses, reduzindo significativamente a frequência das injeções diárias.

Como o sistema de hidrogel melhora o diabetes e o controle de peso?

O sistema de hidrogel libera medicação ao longo de vários meses, melhorando o diabetes e o controle de peso, aumentando a adesão do paciente aos horários de medicação e melhorando potencialmente os resultados de saúde a longo prazo para aqueles com diabetes tipo 2.

Quais são os benefícios da administração de medicamentos GLP-1 à base de hidrogel?

O sistema de administração de medicamentos GLP-1 baseado em hidrogel beneficia os pacientes, reduzindo a carga de injeções frequentes, simplificando os regimes de medicação e fornecendo um método de tratamento mais confortável e conveniente.

Como funciona o hidrogel na administração de medicamentos?

O hidrogel é composto por nanopartículas e polímeros que se dissolvem lentamente ao longo do tempo, liberando gradativamente as moléculas do medicamento. Este mecanismo de liberação controlada garante um fluxo constante de medicação durante um período prolongado.

Qual é o potencial futuro desta tecnologia de hidrogel?

A tecnologia do hidrogel tem potencial promissor para aplicações mais amplas, além do tratamento do diabetes, incluindo outros medicamentos e condições médicas. A sua adaptabilidade a vários prazos de lançamento e a eficácia em testes preliminares sugerem o seu impacto significativo nos cuidados de saúde.

Quais são os próximos passos no desenvolvimento deste sistema de hidrogel?

Os próximos passos incluem mais testes em modelos animais como porcos, que se assemelham muito à pele e aos sistemas endócrinos humanos, seguidos de potenciais ensaios clínicos em humanos nos próximos um ano e meio a dois anos.

Mais sobre o tratamento para diabetes com hidrogel

  • Pesquisa de hidrogel da Universidade de Stanford
  • Medicamentos GLP-1 e tratamento para diabetes
  • Inovações no gerenciamento do diabetes
  • Tecnologia de hidrogel em medicina
  • Pesquisa de Eric Appel em Stanford
  • Jornal de medicina de relatórios celulares
  • Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais
  • Centro de pesquisa de diabetes de Stanford

você pode gostar

5 comentários

Rick_92 Dezembro 21, 2023 - 9:52 pm

Isso é realmente seguro? Injetar um gel que dura meses parece um pouco assustador para mim…

Responder
JennyL Dezembro 21, 2023 - 10:21 pm

eu li sobre isso, é como se a ficção científica se tornasse realidade, trabalho incrível da equipe de Stanford!

Responder
SaúdeGuruKaren Dezembro 22, 2023 - 5:51 am

Isso pode ser uma virada de jogo no controle do diabetes. Porém, precisamos de mais testes para garantir que é completamente seguro para uso a longo prazo.

Responder
TechFanatic Dezembro 22, 2023 - 5:47 pm

Stanford sempre na vanguarda, transformando o que antes pensávamos ser impossível em possível, um trabalho incrível!

Responder
Marcos Tylor Dezembro 22, 2023 - 7:15 pm

Uau, isso é enorme para pacientes com diabetes, chega de injeções diárias, que alívio!

Responder

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

SciTechPost é um recurso da web dedicado a fornecer informações atualizadas sobre o mundo acelerado da ciência e da tecnologia. Nossa missão é tornar a ciência e a tecnologia acessíveis a todos por meio de nossa plataforma, reunindo especialistas, inovadores e acadêmicos para compartilhar seus conhecimentos e experiências.

Se inscrever

Assine meu boletim informativo para novas postagens no blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

© 2023 SciTechPost

pt_PTPortuguês