Decifrando os enigmas da luz – nova técnica para o comportamento errático da luz de direção desenvolvida por cientistas

por Liam O’Connor
0 Comente
chaotic light control

Uma equipe de pesquisadores dominou a manipulação das diversas frequências da luz, empregando uma cavidade personalizada, potencialmente avançando nas capacidades da fibra óptica, o que poderia melhorar o gerenciamento de energia, computação e transmissão de sinal. Esta conquista é reconhecida por Xuefeng Jiang.

O estudo de como a luz interage dentro de um ambiente oval ofereceu aos cientistas insights importantes sobre sua intrincada dinâmica.

A capacidade de gerir a luz é crucial para o progresso em vários campos tecnológicos, incluindo recolha de energia, processos computacionais, telecomunicações e diagnósticos médicos. No entanto, a natureza complexa da luz torna muitas vezes difícil uma regulação eficaz.

O físico Andrea Alù compara a imprevisibilidade da luz em sistemas desordenados a um jogo de bilhar, onde mesmo pequenas mudanças no golpe da bola branca podem alterar significativamente a direção e as interações das bolas na mesa.

“No jogo de bilhar, pequenas discrepâncias na forma como você acerta a bola inicial podem criar uma grande variedade de padrões de movimento das bolas na mesa”, explicou Alù, um notável professor de física do CUNY Graduate Center. “Da mesma forma, a luz dentro de uma cavidade caótica é difícil de prever – conduzir a mesma experiência repetidamente com condições quase idênticas pode produzir resultados variados.”

Num artigo recente publicado na Nature Physics, a equipa de Alù no CUNY Graduate Center apresentou um método pioneiro para modular o comportamento errático da luz, personalizando os seus padrões de difusão através da própria luz. A iniciativa foi liderada por Xuefeng Jiang, ex-bolsista de pós-doutorado no grupo de Alù e agora professor assistente na Universidade Seton Hall, e Shixiong Yin, candidato ao doutorado de Alù.

Sistemas Tradicionais vs. Cavidades Caóticas

Os métodos típicos para analisar a luz envolvem ressonadores de formato uniforme, onde a luz ecoa e se espalha de maneira previsível, formando frequências e padrões espaciais distintos. Em ressonadores padrão, como uma cavidade circular, frequências específicas se correlacionam com certos modos, simplificando a física envolvida. No entanto, esta simplicidade não revela as complexidades da luz vistas em sistemas mais complexos, segundo Jiang.

“Uma cavidade que acomoda padrões de luz caóticos pode gerar milhares de configurações de luz a partir de uma única frequência, o que foi inicialmente pensado para tornar impraticável o controle da resposta óptica”, afirmou Jiang. “No entanto, demonstrámos que gerir este caos é realmente possível.”

A inovadora cavidade em forma de estádio

Para superar esses desafios, os pesquisadores projetaram uma cavidade expansiva em forma de estádio com uma parte superior exposta e passagens duplas em extremidades opostas para canalizar a luz para a estrutura. Uma câmera montada no alto captura os padrões e a intensidade da luz conforme ela escapa, espalhando-se dentro da cavidade.

O dispositivo está equipado com elementos ajustáveis para ajustar a intensidade e o tempo da luz que entra por esses caminhos. Ao manipular a interação da luz dentro da cavidade, a equipe conseguiu orquestrar o padrão de um feixe de luz por meio da interação com outro, uma estratégia chamada por Alù de controle coerente, que significa essencialmente usar a luz para regular a luz. Alterando a intensidade e o tempo relativos dos feixes de luz recebidos, os pesquisadores puderam transformar consistentemente o padrão de luz emitido pela cavidade.

Controle de refinamento com modos de dispersão não reflexivos (RSMs)

Alcançar o controle foi possível através da utilização de um comportamento especial da luz em cavidades ressonantes conhecido como “modos de espalhamento não reflexivo” (RSMs), um fenômeno previsto em teoria, mas até agora não demonstrado em cavidades ópticas. Yin destacou que sua capacidade de modular RSMs significa um avanço na estimulação e direcionamento de sistemas ópticos complicados, relevantes para processos de armazenamento de energia, computação e comunicação.

“Identificamos certas frequências nas quais nosso sistema suporta dois RSMs distintos e que se cruzam, permitindo que toda a luz seja atraída para a cavidade do estádio sem refletir de volta para os canais, facilitando seu gerenciamento”, descreveu Yin. “Dado que nosso sistema lida com sinais ópticos dentro da faixa operacional das fibras ópticas comuns, esta descoberta abre a porta para métodos aprimorados de armazenamento, direcionamento e controle de luz em sistemas ópticos sofisticados.”

Olhando para o futuro, os investigadores planeiam integrar elementos mais ajustáveis nos seus estudos para explorar ainda mais os intrincados comportamentos da luz.

Citação: “Controle coerente de microcavidade óptica caótica com modos de espalhamento sem reflexão” por Xuefeng Jiang, Shixiong Yin, Huanan Li, Jiamin Quan, Heedong Goh, Michele Cotrufo, Julius Kullig, Jan Wiersig e Andrea Alù, 2 de novembro de 2023, Nature Physics.
DOI: 10.1038/s41567-023-02242-w

Perguntas frequentes (FAQs) sobre controle de luz caótico

Qual é a principal descoberta para controlar o comportamento caótico da luz?

Os pesquisadores desenvolveram uma plataforma que permite o controle do comportamento caótico da luz, manipulando seus padrões de dispersão dentro de uma cavidade óptica especialmente projetada.

Como o comportamento da luz em sistemas caóticos se compara a um jogo de bilhar?

Assim como pequenas variações em uma tacada de bilhar podem levar a resultados diferentes, pequenas mudanças na entrada da luz em uma cavidade caótica podem resultar em padrões de luz imprevisíveis e variados.

Qual é o significado da cavidade em forma de estádio neste estudo?

A cavidade em forma de estádio permite aos cientistas controlar a luz ajustando os padrões de dispersão através de um controle coerente, usando um feixe de luz para direcionar outro.

O que são modos de espalhamento sem reflexão (RSMs) e sua importância nesta pesquisa?

Os RSMs são um comportamento de luz único em cavidades ressonantes que permitem que a luz entre em uma cavidade sem refletir de volta, o que é crucial para controlar a luz em sistemas ópticos complexos.

Como essa descoberta pode impactar as tecnologias futuras?

A capacidade de controlar o comportamento caótico da luz pode levar a avanços no armazenamento de energia, na computação e no processamento de sinais em sistemas de fibra óptica.

Mais sobre controle de luz caótico

você pode gostar

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

SciTechPost é um recurso da web dedicado a fornecer informações atualizadas sobre o mundo acelerado da ciência e da tecnologia. Nossa missão é tornar a ciência e a tecnologia acessíveis a todos por meio de nossa plataforma, reunindo especialistas, inovadores e acadêmicos para compartilhar seus conhecimentos e experiências.

Se inscrever

Assine meu boletim informativo para novas postagens no blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

© 2023 SciTechPost

pt_PTPortuguês