Impacto da crononutrição na redução dos riscos cardiovasculares: abordagem simplificada

por Hiroshi Tanaka
5 comentários
Chrononutrition

Pesquisas recentes destacam uma ligação clara entre o horário das refeições e a saúde do coração. Adiar o café da manhã e jantar tarde tem sido associado ao aumento do risco de doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, respectivamente. Por outro lado, prolongar o período de jejum durante a noite parece diminuir estes riscos. Esses insights propõem que fazer refeições mais cedo e jejuar por períodos mais longos durante a noite pode ser benéfico na prevenção de doenças cardíacas. Fonte: SciTechPost.com

O estudo, envolvendo mais de 100.000 participantes, sugere que comer cedo durante o dia e jejuar durante a noite pode diminuir a probabilidade de doenças relacionadas ao coração.

Globalmente, as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortalidade, conforme relatado pelo estudo Global Burden of Disease. Em 2019, estas doenças foram responsáveis por 18,6 milhões de mortes anualmente, sendo aproximadamente 7,9 milhões ligadas aos hábitos alimentares. Isso ressalta o papel significativo que a dieta desempenha no início e na progressão de doenças cardiovasculares. Os padrões alimentares predominantes nas sociedades ocidentais, como jantares tardios ou faltas ao pequeno-almoço, são particularmente dignos de nota.

A crononutrição é um campo em expansão que examina como os horários das refeições e os intervalos de jejum afetam os relógios internos do corpo ou os ritmos circadianos. Esses ritmos, por sua vez, influenciam funções cardiometabólicas vitais, incluindo a regulação da pressão arterial.

Influência da Crononutrição na Saúde Cardiovascular

Dados de 103.389 indivíduos da coorte NutriNet-Santé (composta por 791 mulheres TP4T, idade média de 42 anos) foram analisados para explorar a relação entre padrões alimentares e doenças cardíacas. Para mitigar possíveis vieses, foram considerados fatores como dados sociodemográficos, qualidade da dieta, estilo de vida e ciclos de sono.

As descobertas indicam que atrasar a primeira refeição do dia (como pular o café da manhã) está correlacionado com um risco aumentado de doenças cardíacas – especificamente, um risco aumentado de 6% para cada hora de atraso. Por exemplo, fazer a primeira refeição às 9h representa um risco 6% maior do que comer às 8h.

Comer a última refeição no final do dia (depois das 21h) está associado a um risco aumentado de doenças cerebrovasculares, como derrames, especialmente em mulheres, em comparação com jantar antes das 20h.

Além disso, uma maior duração do jejum noturno está associada a um menor risco de doenças cerebrovasculares. Isso apoia a prática de refeições mais precoces, tanto na primeira quanto na última refeição do dia.

Principais insights sobre o horário das refeições e a saúde do coração

Embora estas descobertas necessitem de maior validação através de estudos adicionais, elas sublinham a importância potencial do horário das refeições na prevenção de doenças cardíacas. A prática de alimentar-se mais cedo durante o dia e prolongar o período de jejum noturno pode contribuir para a redução dos riscos cardiovasculares.

Referência: “Ritmos circadianos dietéticos e risco de doença cardiovascular na coorte prospectiva NutriNet-Santé” por Anna Palomar-Cros et al., publicado em 14 de dezembro de 2023 na Nature Communications.
DOI: 10.1038/s41467-023-43444-3

Sobre o Estudo NutriNet-Santé

O estudo NutriNet-Santé, um projecto de investigação em saúde pública liderado pela Equipa de Investigação em Epidemiologia Nutricional (EREN-CRESS), investiga a ligação entre nutrição e saúde. Lançado em 2009 com mais de 175 mil participantes, o estudo contribuiu para mais de 270 publicações científicas internacionais. O estudo ainda convida participantes da França a explorar mais profundamente os impactos da dieta na saúde.

Os participantes contribuem para esta investigação fornecendo atualizações mensais através da plataforma online segura etude-nutrinet-sante.fr, ajudando a melhorar a compreensão da relação dieta-saúde.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre crononutrição

Qual é a principal conclusão do estudo recente sobre o horário das refeições e a saúde do coração?

O estudo revela que atrasar a primeira refeição e fazer a última refeição no final do dia aumenta o risco de doenças cardiovasculares e cerebrovasculares. Por outro lado, períodos mais longos de jejum durante a noite estão associados a um risco reduzido, sugerindo que refeições mais precoces e jejum prolongado podem ajudar a prevenir estas doenças.

Como o horário das refeições influencia os riscos cardiovasculares?

O horário das refeições, especialmente fazer a primeira refeição mais tarde e a última refeição tarde da noite, está associado a um risco aumentado de doenças cardíacas. Isto inclui um aumento de 6% no risco de doença cardiovascular por hora de atraso na primeira refeição e um aumento de 28% no risco de doença cerebrovascular para refeições noturnas.

O que é Crononutrição e como ela está relacionada à saúde cardiovascular?

A crononutrição é uma área que estuda a relação entre o momento da ingestão de alimentos, os ritmos circadianos do corpo e a saúde geral. Sugere que a sincronização dos horários das refeições com os relógios internos do corpo pode influenciar positivamente as funções cardiometabólicas, reduzindo potencialmente o risco de doenças cardiovasculares.

Quais foram as principais metodologias do estudo NutriNet-Santé?

O estudo analisou dados de 103.389 participantes, contabilizando vários fatores como idade, sexo, qualidade da dieta, estilo de vida e ciclo do sono. Isto foi para garantir uma avaliação precisa das associações entre padrões de ingestão alimentar e risco de doenças cardiovasculares.

A alteração dos horários das refeições pode ser uma medida preventiva para doenças cardiovasculares?

As conclusões do estudo sugerem que a adoção de hábitos alimentares no início do dia e o prolongamento do período de jejum noturno podem ser benéficos na prevenção do risco de doenças cardiovasculares. No entanto, essas descobertas precisam de validação adicional por meio de pesquisas adicionais.

Mais sobre Crononutrição

você pode gostar

5 comentários

Entusiasta da Saúde123 Dezembro 21, 2023 - 7:25 pm

uau, a hora da refeição é muito importante para o coração, preciso comer cedo, sem mastigar tarde da noite!

Responder
NutriçãoFreak Dezembro 22, 2023 - 4:04 am

Crononutrição, termo legal! Comer com relógio biológico melhora a saúde?

Responder
CiênciaGeek45 Dezembro 22, 2023 - 7:16 am

Din-din tardio = risco de acidente vascular cerebral, senhoras, tomem nota, mudem hábitos, talvez ajudem o coração?

Responder
CuriosoMind22 Dezembro 22, 2023 - 10:42 am

Problemas cardiovasculares? Brekkie e jantar antecipado, confira! Jejum noturno, boa ideia!

Responder
InfoSeeker007 Dezembro 22, 2023 - 5:56 pm

O estudo parece promissor, mas são necessárias mais provas. Mudança no horário das refeições, vale a pena tentar?

Responder

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

SciTechPost é um recurso da web dedicado a fornecer informações atualizadas sobre o mundo acelerado da ciência e da tecnologia. Nossa missão é tornar a ciência e a tecnologia acessíveis a todos por meio de nossa plataforma, reunindo especialistas, inovadores e acadêmicos para compartilhar seus conhecimentos e experiências.

Se inscrever

Assine meu boletim informativo para novas postagens no blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

© 2023 SciTechPost

pt_PTPortuguês