Descoberta atrevida da NASA: dois tomates espaciais desaparecidos encontrados após um ano

por Henrik Andersen
0 Comente
Space Farming

A NASA fez uma descoberta intrigante relacionada à agricultura espacial, envolvendo a recuperação de dois tomates rebeldes que estavam desaparecidos há quase um ano. Este incidente notável ocorreu durante o envolvimento do astronauta Frank Rubio no experimento eXposed Root On-Orbit Test System (XROOTS) conduzido na Estação Espacial Internacional (ISS) em 2022. O experimento XROOTS é dedicado a explorar métodos inovadores de cultivo de plantas no espaço, um faceta essencial para permitir missões espaciais prolongadas à Lua e a Marte.

O caso dos tomates espaciais desaparecidos:

O astronauta Frank Rubio perdeu acidentalmente dois tomates enquanto os colhia como parte do experimento XROOTS. As suspeitas iniciais eram de que Rubio poderia ter consumido os tomates perdidos, mas a recente descoberta refutou esta teoria. Esses tomates nocivos foram encontrados quase um ano depois, dentro de um saco plástico. Embora apresentassem alguns sinais de desidratação e ligeira deformação, não havia vestígios aparentes de crescimento microbiano ou fúngico.

Missões Estendidas e Pesquisa de Plantas:

Durante a sua histórica estadia de 371 dias a bordo da ISS, Rubio conduziu outra experiência crucial conhecida como VEG-05. Esta experiência teve como objetivo abordar a necessidade de um sistema contínuo de produção de alimentos frescos no espaço. Utilizando as instalações Veggie na estação espacial, o estudo se concentrou no cultivo de tomates anões, examinando variáveis como qualidade da luz, impacto do fertilizante na produção de frutas, segurança alimentar microbiana, valor nutricional e a satisfação da tripulação com o sabor desses tomates cultivados no espaço. .

Apesar dos tomates nocivos da experiência XROOTS não terem sido submetidos a análises mais aprofundadas, a investigação em curso sobre plantas a bordo da ISS continua com a experiência Plant Habitat-03. Esta pesquisa retornará à Terra durante a 29ª missão comercial de reabastecimento da SpaceX. O Plant Habitat-03 representa um dos estudos pioneiros de plantas multigeracionais conduzidos a bordo da ISS. O seu objetivo é investigar se as adaptações genéticas observadas numa geração de plantas cultivadas no espaço podem ser herdadas pelas gerações subsequentes. Este conhecimento tem implicações significativas para melhorar a adaptabilidade das plantas às condições espaciais, o que, por sua vez, poderia facilitar o cultivo sustentado de culturas durante futuras missões espaciais.

Benefícios além da produção de alimentos:

As vantagens de cultivar plantas no espaço vão além do mero sustento. Os astronautas relataram benefícios psicológicos associados às atividades de jardinagem, melhorando o seu bem-estar geral e o moral durante missões prolongadas no espaço. Além disso, a investigação realizada a bordo da ISS está a promover o avanço da tecnologia e do conhecimento científico, essenciais para o sucesso do cultivo de plantas no espaço. Este progresso não só ultrapassa os limites da exploração espacial humana, mas também contribui para melhorar a qualidade e a eficiência do crescimento das plantas para alimentação e outros fins vitais aqui na Terra.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre agricultura espacial

P: Qual foi o propósito do experimento XROOTS conduzido na ISS?

R: A experiência XROOTS teve como objetivo explorar técnicas inovadoras para o cultivo de plantas no espaço, especialmente sem solo, para apoiar missões espaciais de longa duração.

P: Como o astronauta Frank Rubio perdeu de vista os dois tomates no espaço?

R: O astronauta Frank Rubio acidentalmente perdeu o rastro dos tomates enquanto os colhia durante o experimento XROOTS na ISS em 2022.

P: Os tomates recuperados eram adequados para consumo?

R: Os tomates recuperados apresentavam sinais de desidratação e ligeira deformação, mas não foram consumidos. Eles não mostraram sinais de crescimento microbiano ou fúngico.

P: Qual foi o foco do experimento VEG-05 conduzido por Frank Rubio?

R: O experimento VEG-05 teve como objetivo atender à necessidade de um sistema contínuo de produção de alimentos frescos no espaço. Envolveu o cultivo de tomates anões e o exame de fatores como qualidade da luz e valor nutricional.

P: Qual é o significado do experimento Plant Habitat-03 mencionado no texto?

R: Plant Habitat-03 é um estudo multigeracional de plantas na ISS. Ele investiga se as adaptações genéticas em plantas cultivadas no espaço podem ser herdadas pelas gerações subsequentes, o que tem implicações para a agricultura espacial de longo prazo.

P: Além da produção de alimentos, que outros benefícios estão associados ao cultivo de plantas no espaço?

R: O cultivo de plantas no espaço oferece benefícios psicológicos aos astronautas, melhorando a sua qualidade de vida e moral durante missões prolongadas. Além disso, avança a tecnologia para a agricultura espacial e terrestre.

Mais sobre Agricultura Espacial

você pode gostar

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

SciTechPost é um recurso da web dedicado a fornecer informações atualizadas sobre o mundo acelerado da ciência e da tecnologia. Nossa missão é tornar a ciência e a tecnologia acessíveis a todos por meio de nossa plataforma, reunindo especialistas, inovadores e acadêmicos para compartilhar seus conhecimentos e experiências.

Se inscrever

Assine meu boletim informativo para novas postagens no blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

© 2023 SciTechPost

pt_PTPortuguês