Avanços inovadores na terapia do câncer: identificado o principal mecanismo de disseminação do câncer de mama

por Santiago Fernández
5 comentários
breast cancer metastasis

Descobertas científicas recentes determinaram que a proteína dineína desempenha um papel essencial na motilidade das células do cancro da mama, revelando um potencial novo ponto focal para intervenções terapêuticas que possam imobilizar as células cancerígenas, apresentando uma alternativa à natureza agressiva da quimioterapia. Embora a utilização clínica prática ainda não tenha sido alcançada, estes desenvolvimentos sugerem perspectivas significativas para a evolução de tratamentos personalizados contra o cancro.

A característica mais mortal dos cancros é a sua capacidade de metastatizar ou disseminar-se por todo o corpo. Um trabalho pioneiro conduzido por pesquisadores da Penn State lançou luz sobre o processo que as células do câncer de mama podem usar para penetrar e invadir tecidos saudáveis. Uma visão crítica desta pesquisa é a identificação da dineína, uma proteína motora, como um fator-chave da migração de células cancerígenas em modelos de tecidos moles, abrindo novos caminhos para impedir a propagação metastática e transformando a abordagem ao tratamento do cancro.

“As implicações desta descoberta são profundas em vários aspectos”, observou Erdem Tabdanov, professor assistente de farmacologia na Penn State e principal co-autor correspondente do estudo, que foi publicado na revista Advanced Science. “Antes disso, o envolvimento da dineína na motilidade das células cancerosas – o processo pelo qual elas se movem – não havia sido documentado. Com esse entendimento, direcionar a dineína poderia efetivamente interromper a propagação de células cancerígenas, prevenindo potencialmente a metástase.”

Pesquisa Colaborativa e Implementação de Modelo

Esta iniciativa de pesquisa começou com uma parceria dentro da Penn State, ligando o Departamento de Engenharia Química com a Faculdade de Medicina, e se expandiu para um esforço colaborativo que inclui o Centro Médico da Universidade de Rochester, o Instituto de Tecnologia da Geórgia, a Universidade Emory e a Food and and Drug Administration dos EUA. Administração de Drogas.

Utilizando microscopia em tempo real, a equipe de pesquisa observou os padrões de migração de células vivas de câncer de mama em dois sistemas distintos projetados para simular o corpo humano. O primeiro, uma rede de fibras de colágeno 2D, demonstrou como as células cancerígenas atravessam a matriz extracelular adjacente aos tumores e identificou o papel da dineína nesse processo.

A pesquisa também aproveitou um modelo 3D, liderado por Amir Sheikhi, para replicar melhor o ambiente dos tecidos moles com partículas de hidrogel interconectadas formando estruturas semelhantes a tumores. Também neste modelo a dineína mostrou-se indispensável para o comportamento metastático das células.

Sheikhi elaborou as descobertas: “Nossos modelos tridimensionais, que emulam parcialmente um ambiente tumoral, demonstraram que impedir a função da dineína impede o movimento das células cancerígenas e a infiltração dos tecidos. Isto sugere uma nova estratégia para o tratamento do cancro – imobilização das células cancerígenas em vez da destruição, poupando às células saudáveis os danos normalmente causados pelos tratamentos convencionais”.

Novos insights fornecidos por esta pesquisa mostram a mecânica pela qual as células do câncer de mama podem invadir tecidos saudáveis, com a proteína motora dineína facilitando o movimento celular em modelos de tecidos moles. Estas descobertas propõem novos alvos para o combate às metástases e podem levar a uma mudança nos paradigmas do tratamento do cancro.

Tabdanov expressou optimismo sobre o potencial da imobilização celular como uma estratégia mais favorável em comparação com a quimioterapia, especialmente após a remoção cirúrgica do tumor, uma vez que poderia inibir a propagação do cancro, preservando ao mesmo tempo os tecidos saudáveis.

“O dilema da quimioterapia é que ela visa erradicar as células cancerígenas um pouco mais rápido do que danificar o resto do corpo”, disse Tabdanov. “Esses tratamentos muitas vezes prejudicam os tecidos saudáveis do corpo. Se pudéssemos conter e imobilizar o câncer, poderíamos manter a saúde dos tecidos não cancerosos.”

Olhando para o futuro

Apesar da natureza excitante destas descobertas, os investigadores reconhecem que as aplicações clínicas permanecem distantes, com ensaios em humanos e animais ainda por começar. Sheikhi iniciou vários registros de patentes para sua plataforma inovadora, que pretende aplicar ao estudo de diversas doenças, incluindo diferentes formas de câncer.

O potencial deste trabalho colaborativo entre a Penn State College of Medicine e outras instituições para permitir a medicina de precisão e tratamentos individualizados de câncer é uma fonte de grande entusiasmo.

Referência: “Dynein-Powered Cell Locomotion Guides Metastasis of Breast Cancer” por Yerbol Tagay et al., publicado em 19 de setembro de 2023 na Advanced Science.

Este trabalho foi apoiado pela Penn State College of Medicine, pela Fundação Meghan Rose Bradley, pela National Science Foundation, pelos Institutos Nacionais de Saúde e pela Food and Drug Administration dos EUA, entre outros.

Perguntas frequentes (FAQs) sobre metástase de câncer de mama

Qual é a nova descoberta no tratamento do câncer de mama?

Pesquisadores da Penn State identificaram que a proteína dineína é crucial no movimento das células do câncer de mama, oferecendo uma nova abordagem terapêutica que poderia imobilizar as células cancerígenas, apresentando uma alternativa menos destrutiva à quimioterapia.

Como a dineína influencia a metástase do câncer de mama?

Descobriu-se que a dineína, uma proteína motora, facilita a motilidade das células do câncer de mama em modelos de tecidos moles. Ter como alvo esta proteína poderia potencialmente interromper a propagação destas células e prevenir metástases.

Quais são os benefícios potenciais de direcionar a dineína no tratamento do câncer?

Ao direcionar a proteína dineína para imobilizar as células cancerígenas, este método poderia oferecer um tratamento mais refinado, evitando a propagação do cancro sem danificar as células saudáveis, ao contrário da quimioterapia tradicional, que pode danificar os tecidos saudáveis.

O que isso significa para o futuro da terapia personalizada contra o câncer?

Esta descoberta estabelece as bases para abordagens mais personalizadas ao tratamento do cancro, concentrando-se na imobilização de células cancerígenas para prevenir metástases, o que poderia levar a terapias personalizadas com menos danos colaterais aos tecidos saudáveis.

Já existe alguma aplicação clínica desta descoberta?

Embora as descobertas sejam promissoras, as aplicações clínicas ainda não estão disponíveis, uma vez que a investigação se encontra na fase pré-clínica, sendo ainda necessários ensaios em humanos e animais.

Mais sobre metástase de câncer de mama

você pode gostar

5 comentários

Rajiv Chandra Novembro 6, 2023 - 8:23 am

a colaboração entre essas grandes instituições é impressionante, mas estou curioso para saber como eles realmente identificam a dineína como o alvo aqui. O artigo não entra em muitos detalhes sobre isso, não é?

Responder
Emily Sanders Novembro 6, 2023 - 10:27 am

honestamente, toda a abordagem da quimioterapia sempre pareceu tão dura, realmente espero que esta nova pesquisa dê certo – pode ser o grande avanço que esperávamos

Responder
Linda Hartley Novembro 6, 2023 - 5:59 pm

Já ouvi falar da proteína dineína antes, mas nunca neste contexto, quanto tempo você acha até vermos isso em hospitais reais

Responder
Mike O'Donnell Novembro 6, 2023 - 8:40 pm

parece que a cada dois meses há um tratamento 'revolucionário' contra o câncer, aumentando minhas esperanças, mas sempre leva anos depois, ainda assim é legal

Responder
Jake Willis Novembro 6, 2023 - 9:30 pm

isso é realmente emocionante, a ideia de que podemos simplesmente impedir que as células cancerígenas se movam, em vez de tentar matá-las com quimioterapia, isso é uma virada de jogo, não é?

Responder

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

SciTechPost é um recurso da web dedicado a fornecer informações atualizadas sobre o mundo acelerado da ciência e da tecnologia. Nossa missão é tornar a ciência e a tecnologia acessíveis a todos por meio de nossa plataforma, reunindo especialistas, inovadores e acadêmicos para compartilhar seus conhecimentos e experiências.

Se inscrever

Assine meu boletim informativo para novas postagens no blog, dicas e novas fotos. Vamos nos manter atualizados!

© 2023 SciTechPost

pt_PTPortuguês